26 de janeiro de 2013

Tanta coisa

Tanta coisa acontecendo e nada resolvido....
é mais ou menos como me sinto.
Tenho que ficar quieta e não fazer muita pressão sobre mim mesma.......
Comecei uma manta,sem muita pretensão.
Tem meu casamento para resolver,a casa, o enxoval,meu trabalho novo,um monte de lãs guardadas, caixas e caixas de mudança empilhadas na garagem, a operação da minha mãe......tá osso!!!!
Dá até vergonha de ficar tanto tempo sem postar nem um oizinho..........!!!!!!!
Então, coo ainda estamos no janeiro BOM 2013 para todos!!!!!!
e muitas lãs,linhas e felicidades para todos!
bj

28 de agosto de 2012

Exausta e feliz

Estou no meio do caminho do térmno de uma pelerine que resolvi tecer com várias lãs com a mesma tonalidade.Hoje,depois de tecer meio novelo de 100g perceb que estava do lado avesso.................toca desmanchar,hehehehe é o jeito.bj

22 de agosto de 2012

HP

HP é  Horário Político, ou seja, aquela hora que vc aproveita para fazer um monte de coisa,menos assistir ao desfile interminável de caras já manjadas e que não inspiram confiança nenhuma...........pois é.Triste sina a nossa.E assim vai até outubro.
Meu horário de trabalho não está permitindo que eu faça muito tricô e isso me deixa um pouco chateada.

19 de agosto de 2012

eu  amo tudo o que faço,estou me divertindo muito com meu novo trabalho........é diversidade.Enquanto isso, ando tricotando pouco.
Minha estolinha vermelha,multi-fios fica pronta já,já
bjs

anoitece novamente e não amanhece

Desde pequena não consigo ter um ritmo normal ou dito normal de sono.....sempre fui de engatar segunda lá pelas 19-20h e ir até a madrugada.......pior.....eu adoro dormir das 6 ao meio-dia.Tem coisa melhor?
Lá pelas 5 ou 6 da matina, vc assalta a geladeira, come tudo que encontra e nada combina e daí, dá  aquela moleza de soninho.....até meio-dia,hora de almoçar.
Mas, aqui na vida, a coisa tá exageradamente puxada,kkkkkkkkk
Não tenho mas hora pra nada, tanta coisa acmulada e esta semana foi a primeira semana que eu realmente produzi.Estou me organizando, mas parece um parto.
um bj.

16 de agosto de 2012

Casa nova

Olá povo!!!!!
Estou eu cá, de casa nova, tudo novo, e vmos ver daqui pra frente.
Estou muito animada com as mudanças internas e eternas.
bjs

4 de março de 2012

Frustração

Dizem que o jeito mais seguro de você se frustrar é criar uma enorme expectativa sobre uma coisa ou situação.
Fazer planos e quando não dá certo você fica acabada.
Pois é.........
A aslantrends está lançando um TJ um xale chamado Lilae.......nem vou fazer esforço para comprar o material porque não consegui nem tecer o Haruni.
Isso é frustrante.

3 de fevereiro de 2012

Felicidade

Pois é.....descobri que não preciso de muita coisa para ser feliz,hehehehe
Eu tenho um tempo sem fazer nada porque fico trancada no apartamento quase o dia todo, então, desandei a fazer um monte de tricô.Fiz dois xales pequenos, um par de meia.Estou tentando postar as fotos.
Não consegui começar meu xale junto com a moçada.......
Ganhei uma colcha feita de fuxicos maravilhosa, Isabella me deu e foi a mãe dela que fez há mais de 30 anos.

18 de janeiro de 2012

Xale Haruni

Vamos lá ao Haruni!
http://tcg-haruni.blogspot.com
esses dias são de preparação para tecermos juntas(eu nem tão junta) mas, sempre na cola.

Entrem no grupo do Facebook
Conheçam o Café Tricot   http://www.cafetricot.com.br/portal/

Frequentem a Pintar e Bordar http://loja.pintarebordar.com.br

Gastem na  http://www.novelonarede.com.br/

Vão até o armarinho da esquina, enfim,tricotem
Teçam sonhos junto com seus trabalhos
Executem suas ações diárias como fazem seus trabalhos de tricô, com o mesmo cuidado e atenção
Divirtam-se, antes de tudo.
Nesses tempos bicudos, desfrutar dos momentos é essencial.

16 de janeiro de 2012

Qualidade ou defeito

Parece brinquedo mas aqui estou eu recomeçando......
Os dias passam rápido, algumas vezes rápido demais.
Vamos fazer nova tentativa e juro, näo é por falta de vontade, é falta de possibilidade.
Nessa fase, devo agradecer algumas pessoas, mas citar nomes, as vezes é problemático,mas eu não esqueço de dizer para todos que me apoiam,muito obrigada.bjs

14 de outubro de 2010

Sempre é bom dar uma olhadinha por aí

Nossa!!!!!!
Eu fiquei de cara com as coisas que fucei hj na net........ai que vontade de comprar danada.
E nem dá.E dá-lhe agulhas,lãse linhas maravilhosas, e só na vontade......
Hora de juntar a mudança para sair de Niterói......este é o motivo de andar tão parado por aqui mesmo depois de ter voltado a postar.
Uma resolução difícil e há muito tempo adiada.
Volto para São Paulo.
Mas estes dias tenho produzido.
Terminei a camiseta rosa(ainda sem foto) e iniciei uma blusa de lã mescla para dar de presente......pra quem???
hehehehehe

18 de setembro de 2010

Animação

Gente!!!!!procurando coisas sobre Chanel, dei de cara com essa imagem.Amei!!!!!coisa linda que quero dividir com vocês.beijos

16 de setembro de 2010

Novas boas e mais

Bem,a gente tem que se adaptar...e se adapta quem pode e quem tem juizo. Aqui estou eu em teclado querty...e vamo que vamo.Comecei hj uma camiseta rosa...mais detalhes em breve.bjs

30 de junho de 2010

AH!!!!!Eu tÔ mAluca!!!!!

Gente! tô maluca com essa idéia Mottainai Furoshiki
Olha que idéia mais interessante essa. No Japão, um tecido especial foi lançado, o Mottainai Furoshiki, para estimular a reutilização de objetos e das coisas que consumimos.O símbolo disso é o furoshiki, um lenço ou quadrado de tecido usado pelos japoneses há séculos para embrulhar coisas, e que permite seu uso diversas vezes. Já a palavra mottainai significa que é uma pena que algo tenha que ser jogado fora sem que tenha sido usada em todo o seu potencial.
Se você não tem um pano importado,pode usar um lenço de seda ou mesmo viscose, ou outro pano mais mole.Dá pra embrulhar de tudo.......quadrado ou redondo, pequeno ou grande.Depende da sua criatividade.
Vou procurar outras´idéias para postar e outras formas de amarrar.


Eu adorei a idéia, e acho que devemos começara usar imediatamente e que passar aidéia adiante é nossa responsabilidade.


beijos

25 de novembro de 2009

Papelaria para tricô


Selecionei algumas figuras de uma revista de tricô para fazer cópia para o caderno de receitas para mim.
E este papel de carta e cartão......vamos ver, pois, nem só de agulha e linha vive a tricoteira.

11 de novembro de 2009

MEU PAI

Meu pai
Júlio Sílvio, em momento pacthwork, trabalhando com vários tipos de lãs xadrez
Costura milimétrica e perfeitamente reta.....outro trabalho,os bolos são também feitos em casaMomento tear
Entrem no blog filatélico http://www.morcegosembando.blogspot.com/

Um encontro muito feliz

protetor de pontas para agulhas de duas pontas made in VeraLuShirlei queridona,fica boa logo pra gente rir mais e a dona VeraLu falando ,falando.....olha só que três!!!!VeraLu humilhandomostrando os tesouros

Bons momentos no encontro do TRICOTEIRAS SOLIDÁRIAS




As fotos dizem o clima que estava o encontro...a maior festa e amizade entre as participantes. Foi muito bom.
beijos, meninas!!!!!

Cia das Agulhas


Da Shirlei, o blog cia das agulhas e os fios da PURAFIBRA.....

3 de novembro de 2009

TRICÔ - terapia para todas as idades

Nos EUA, tricô ajuda os adolescentes ansiosos. E no Brasil, a meditação é estudada contra hipertensão e depressão
Lena Castellón

Um ponto aqui, outro ali. Olhos grudados nos movimentos das mãos, mas ouvidos atentos ao que dizem em torno. O professor fala e os estudantes tricotam. Parece estranho, mas é assim que alguns alunos do Manhattan Center for Science and Mathematics, dos Estados Unidos, têm assistido aulas. A direção acredita que permitir a prática na sala não é prejudicial. Pelo contrário, ajudaria a aprimorar a concentração. Em declaração dada recentemente ao jornal inglês The Times, uma assistente do diretor não apenas garantiu isso como acrescentou que os jovens também trabalham com papel e caneta. O curioso é que essa não é a única instituição americana a liberar o hobby em suas dependências. A atividade, tão comum às nossas avós, virou mania nos EUA e no Reino Unido. A moda floresceu há cerca de dois anos, gerou clubes de tricô nas escolas e invadiu a internet, com sites e blogs sobre o tema.
A mania cresceu tão rapidamente que foi lançado um livro para quem deseja aderir ao artesanato manual. Teen Knitting Club – das experientes tricoteiras americanas Jennifer Wenger, Carol Abrams e Maureen Lasher – traz dicas para que garotas e garotos (sim, eles também tricotam) produzam suas peças. “Tenho cinco mil clientes. Deles, 15% são adolescentes. E o interesse cresce”, conta Jennifer, que ensina a tricotar. Nas entrevistas feitas pelas autoras para entender as razões que levaram a moçada a incorporar o hábito, os jovens disseram que o tricô diminui a ansiedade e o stress. De fato, artesanato e trabalhos artísticos funcionam como métodos relaxantes. Além disso, o tricô exige atenção para que tudo saia direito. Ansiosos exercitariam a paciência e treinariam a capacidade de se focar em um objeto. Estressados encontrariam uma válvula de escape para a tensão. A beleza das peças ajudaria o tricoteiro a descobrir que pode produzir algo bonito, melhorando a auto-estima.
Complemento – No Brasil, o tricô também pode ser uma alternativa contra esses distúrbios. A jornalista Paula Camila, 21 anos, de Juiz de Fora (MG), recebeu de amigos a sugestão de fazer um trabalho manual para lidar com a ansiedade. Ela escolheu o tricô. “Melhorei bastante. Levo meu kit quando estou longe de casa”, revela. Em maio, numa viagem com o noivo, o programador de web Gabriel Barbosa, 23 anos, carregou consigo agulhas e novelos. “O tricô é tão terapêutico que ensinei meu noivo a fazer. Ele adorou. Diz que o tempo passa rápido”, comenta.
Na verdade, trabalhos manuais e artísticos como a pintura têm funcionado cada vez mais como complementos aos tratamentos da ansiedade e da depressão. São estratégias não medicamentosas que acalmam a mente. Pelo mesmo motivo, a meditação ganha espaço. “Ela controla o tráfego de pensamentos. É um momento de conscientização do que a pessoa é. Se é alguém calmo e está com raiva, cria meios de lembrar seu estado natural”, afirma Luciana Ferraz, da organização Brahma Kumaris no Brasil (entidade que oferece cursos de meditação e qualidade de vida em 86 países).
Os efeitos da meditação no controle de patologias da mente são alvo de estudo em várias partes do mundo. No Brasil, um desses centros é a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A psicóloga Márcia Marchiori, por exemplo, desenvolve tese para analisar o impacto da meditação em idosos com pressão arterial elevada. Avaliará também os níveis de depressão e ansiedade em 80 voluntários que serão acompanhados por três meses. Metade deles meditará duas vezes por dia durante 20 minutos. O trabalho começa em setembro. “Queremos ver se a meditação terá efeitos significativos para essas pessoas”, afirma Márcia. Por enquanto, as evidências mostram que há benefícios palpáveis. “Na depressão, a meditação ajuda o indivíduo a identificar pensamentos e emoções que o levam a um estado indesejável”, explica Elisa Kozasa, pesquisadora da Unifesp.
É claro que meditar – assim como fazer tricô – não é panacéia. “Se o praticante faz um tratamento, orientamos que prossiga com ele”, conta Luciana, do Brahma Kumaris. Quando se propõe o uso de tais estratégias, é importante entender que esses métodos são complementares à terapia indicada pelo médico. E também é preciso saber que esses expedientes precisam ser praticados com freqüência para que promovam os benefícios esperados. É como exercício físico. Uma vez só não adianta.



Publicado em IstoÉ 27/07/2005




1 de novembro de 2009

FAMOSOS E SEUS TRICÔS.....e nós em boa companhia

Russel Crowe, lindo maravilhoso, ai,ai,ai...


Rosalind Rusell

Geri HalliwellKristinAnn e Bette DavisAudrey,em dois tempos
Vanessa Willians, em Broke back MountainCary tentando, mesmo assim, um charme....Felicity HuffmanSarah Jessica Parker e Kristin Davis e Daniela EscobarJoan CrawfordJudy Garland e Mike RoukeKatherine Hepburn

26 de outubro de 2009

Fazer e desfazer


Como todos já sabem,essas colchas de quadrados fazem parte da minha história. Ás vezes, eu pego uma que já está muito usada, desfaço tudinho e teço de novo......esse 'ser' aí em cima da cama é o Rambo, um pinsher danado de levado, que gosta de ficar no meu colo enquanto teço.

COLCHA JOSEFINA


Esta é a colcha de quadrados perfeitos  50x50 pontos que fiz de presente para a minha filha Flávia Regina. Começou com uma mantinha de colo e  ela gostou tanto que fomos aumentando o tamanho, até, claro ela pedir que fosse do tamanho da cama dela, a Josefina. Na panorâmica dá pra ver que não tem cor mesclada repetida e toda a volta feita em rosa velho.........

17 de outubro de 2009

HOMENS, tricô, crochê, artesanato

NO BRASIL
Em vários lugares têm homens que fazem tricô e crochê, no Brasil, algumas cidades como Monte Sião (onde há uma grande concentração de indústrias de roupas pra inverno) e em Ouro Fino, Alagoas,e em várias cidades de Minas Gerais e em outras cidades que têm grandes concentrações de confecções, eles são responsáveis pelos acabamentos, colocação de pedrarias, lantejoulas, bordados etc.É uma forma de ganhar mais do que tirariam nas lavouras. Eles geralmente trabalham em casa, fora das vistas de curiosos, por motivos óbvios de preconceito. Mas, o certo é que eles existem aos montes.
EUA tem grupo de tricô só pra homens
Marmanjos de todas as idades se reúnem todo mês pra fazer tricô juntos, em Columbus, Ohio.
Do R7

Eles se chamam de “Cavaleiros Tricotantes” e, por pelo menos uma noite em cada mês, eles se reúnem para compartilhar a mesma paixão – fazer tricô.
É quando o Wonder Knit, que fica na cidade de Columbus, em Ohio (EUA), mantém a noite do tricô só para homens. A proprietária da loja, Libby Bruce, diz que as reuniãos têm sempre uns 15 peludos, de estudantes a aposentados, gays ou heterossexuais.
Segundo uma entrevista que Libbby deu ao jornal Columbus Dispatch, a idéia nada mais é que curtir o hobby e, ao mesmo tempo, tricotar.
Pra ela, as reuniões de homens são iguais as reuniãos de mulheres. A diferença é que, quando homem erra o ponto, ele fica de bode e xinga até a mãe da ovelha que forneceu a lã que ele usa.
Ilha Taquile
Taquile, a ilha maior do lago Titicaca é localizada a 35 quilômetros ao norte do Puno; conserva tradições intatas, costumes e as leis do tempo incaico. Ao descobrir esta cidade de homens e mulheres de solidarios que compartilham tudo, o viajante tem a sensação de ter dado um pulo pelo tempo, reavivando um pedaço da história grandiosa das crianças ou dos filhos do Sol.
Os olhares deles encontram-se e eles irradiam faíscas incandescentes de afeto. Ela sorri com timidez, repliega, esconde sua face pálida e com suas mãos - frias, contraidas, tremendosas - faz girar um tipo de um pião de lã; ele, sacude a camisa, chuta um pedrezinha, suspira com nervosismo. Volta ao seu tecido.
Ausência de palavras. Ele, desenha símbolos mágicos num chullo (boné de lã); ela, fia com urgência e destreza, mas o silêncio incômodo, pesado, insuportável, quebra o charme, quebra o halo de afeto; então, são impostos as linhas diárias e os esboços da rotina nas ilhas da arqueira de pedra , na terra dos caminhos pequenos, na comunidade que é governada pelas leis dos Incas.
Estampas quotidianas: Mulheres fiandeiras, homens tecedores, crianças brincalhonas, comuneiros dobrado pelo peso de alguns pacotes amorfos, os camponeses que abrem sulcos na terra, viajantes que procuram recuperar as energias perddas na ascensão tortuosa, porque é necessário subir uma escada de mais de 567 degraus - raio de pedra que faz de zigzagues entre plataformas de verdura - chegar ao povo de Taquile, um enclado do passado nas águas sempres azuis, sempre sagradas do lago Titicaca.
O "chullo" está pronto. Ele observa com olhos de satisfação serena: revisa as cores e os desenhos estranhos. Vai usá-lo um homem casado da comunidade ou um turista cobiçoso de levar para casa um souvenir. Não há nenhuma dúvida, ele gosta de tricotar, o faz desde que era um menino, como ordenam as velhas tradições da cidade ; mas também gosta dela, a sócia que olha lateralmente para para ele
Agora, já não pode esconder o nervosismo dele no tecido. Está exposto e desarmado. Começa a assobiar mas esquece da melodia, então cumprimenta os vizinhos que pilham pelo caminho - calças pretas, camisas brancas e faixas bordadas os homens; manto escuro para ser protegido do Sol, polleras multicores e blusas vermelhas as mulheres - e ele quis que eles ficassem o dia inteiro. Não é deste modo. Eles partem. Eles o deixam sozinho.Pensa, medita, decide falar. Palavras em quíchua.
Breves , certeiras, ásperas ou doces?. Ela se ruboriza, os seus dedos são emaranhados na linha e perde o controle do pião de lã. Ambos riem, ela apanha o objeto caído; ele, dá carícias para o "chullo" como se estivesse pensando na possibilidade de ficar com ele. Talvez - só talvez - ele vai precisar disto em breve.

Fonte: http://www.enjoyperu.com/

Conta a lenda que o império Inca surgiu quando o primeiro rei, Manco Capac, filho do deus Sol imergiu do lago Titicaca. Ao seu lado surgiu também Mama >>>>>>. Antes de irem a Cusco, onde fundariam sua capital, fizeram uma parada na Ilha Taquile. Mama <<<< ensinou as mulheres a fazer fios, a cozinhar e cuidar de suas casas. Manco Capac ensinou aos homens a agricultura e também a tecer. Tudo isto sob uma condição. Os conhecimentos sobre a tecelagem nunca deveriam deixar a ilha. Por isto, até hoje são os homens que tecem em Taquile e seu artesanato é diferente dos outros na região de Puno.

www.familiagold.com.br


 


Gola Pala Manzini

A pedido:

É fácil, pode ser no fio sugerido ou no Família. A receita tem também é do site da Pingouim.


MATERIAL - PINGOUIN SAFIRA: 2 novelos na cor 5305 (m. júpiter); ag. para tricô PINGOUIN nº 5; 5 botões.

PONTOS EMPREGADOS - Cordão de tricô direito e avesso em t.

AMOSTRA - Um quadrado de 10 cm em cordão de tricô = 19 p. x 30 carr.

EXECUÇÃO

A peça é feita começando pela beirada do lado direito. Montar 50 p. e tric. em cordão de tricô. A 2 cm do início, formar as 5 casas para botão trabalhando da seguinte maneira: 3 t., 1 laç., 2 p. juntos em t., 8 t., 1 laç., 2 p. juntos em t., 9 t., 1 laç., 2 p. juntos em t., 9 t., 1 laç., 2 p. juntos em t., 9 t., 1 laç., 2 p. juntos em t., 2 t. Trabalhar mais 2 carr. em t. Em seguida, trabalhar em carr. encurtadas da seguinte maneira: 1ª carr. (avesso): 22 t., voltar. 2ª carr.: 22 t. 3ª carr.: 34 t., voltar. 4ª carr.: 34 t. 5ª carr.: 50 t. 6ª carr.: 50 t. Repetir da 1ª à 6ª carr. mais 44 v. Trabalhar agora em cordão de tricô sobre todos os p. por 3 cm. Rem.

MODO DE ARMAR

Pregar os botões.

Eu fiz e costurei as pontas, prefiro sem os botões.

25 de agosto de 2009

TRICOTEIRAS SOLIDÁRIAS

SOMENTE PARA QUEM TEM DISPOSIÇÃO DE AJUDAR EFETIVAMENTE.


A COMUNIDADE NÃO PRECISA DE NÚMERO, PRECISA DE MÃOS TRABALHANDO EM PROL DOS CARENTES.

Quem sentir que pode ajudar entre:
ORKUT - TRICOTEIRAS SOLIDÁRIAS
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=70033821

26 de abril de 2009

CAMPANHA DE INVERNO - ATIBAIA

A amiga Alina está fazendo um trabalho comunitário para pacientes com câncer, quem puder ajudar, confira como no blog

http://www.maredeamor.blogspot.com/

Serão doadas peças do tipo toucas, meias, cachecóis, etc executadas em lã.
As ajudas serão bem vindas! Obrigada

31 de março de 2009

Selo MULHERES BEM RESOLVIDAS

Este mimo veio da minha amiga Jane Karon, um presentão para o dia de hoje.

Estou fazendo a minha lista, pois pela regra, devemos passar para dez amigas blogueiras.

as regras são:
publicar em seus blogs o selinho
mandar para 10 amigas blogueiras e
avisá-las.

BLOG DA VERA http://coisasqueamofazer.blogspot.com/
BLOG DA BETH http://www.meusonhocorderosa.blogspot.com/
BLOG DA ELAINE www.elainecroche.blogspot.com/
BLOG DA KELLY http://www.tricoxtrico.blogspot.com/
BLOG DA ÂNGELA http://www.crocheearte.blogspot.com/
BLOG DA MÁRCIA http://www.mitricot.blogspot.com/
Se por acaso alguma das amigas já ganhou antes este selinho, por favor, me avise para eu passar para outra.
beijão para todas essas maravilhosas!